ReportórioAdaptações › Pilinha

 

Quando eu era pequenino
Minha mãe disse vai vai
Vai mas é assar sardinhas
Para o jantar do teu pai


Refrão:
Estava a assar sardinhas
Com o lume a arder
Queimei a pilinha
Sem ninguém saber
Se fosse outra coisa
Eu não me importava
Mas era a pilinha
Que eu tanto estimava


Certa noite sonhei eu
Que estava a levar no cu
De manhã quando acordei
Não era eu, mas eras tu


Refrão


Minha mãe casai-me cedo
Que me dói a passarinha
Ó filha coça-a com o dedo
Que eu também coçei a minha


Refrão


Minha sogra morreu ontem
Enterrei-a na sargeta
Deixei-lhe uma mão de fora
Para me coçar as pernas


Refrão (2x)