ReportórioOriginais › Fado do Emigrante

 

 

Eu vim lá da Suíça
Pró meu lindo Portugal
Ver mê irmão que está preso
E a minha mãe que tá no hospital


Refrão:
Ai que triste sina que crueldade
A do emigrante
Vir a Portugal e chocar de frente
Com o cartaz do Avante


E vinha eu no IP5
Com a minha querida família
Com a bagagem cheia de chocolates
Para a minha Ti Emília


Refrão


Ai coitado do Emigrante
Ai o Emigrante coitadinho
Viestes a Portugal
E apanhaste com a foice no focinho


Refrão