ReportórioAdaptações ›Ausência

 

Letra: Cesária Évora

Se asas eu tivesse
P'ra fugir desse sono
Não há nada tão longo
Como a noite de Outono

Queria ir ter contigo
Para fugir daqui
E não ter mais ausência
Do pensar em ti

Mas só no pensamento
Eu tenho a liberdade
De te sentir comigo
Ter-te à minha vontade

Mas mesmo quando sonho
Eu me sinto sozinho
Não tenho a protecção
Do teu carinho

Refrão (todos) :
Ai solidão tem
Que ir embora, o sol nasceu
Sol tá brilhando
Tá chegando esse clarão
Sem saber p'ra onde
Alumiar, p'ra onde vai
Ai solidão
É um sim
É um não